Bibliotecas vivas foi tema do último dia de celebração da Biblioteca Pe. Cláudio Perani

Hoje, 11, o CEAS realizou as últimas atividades da programação que comemorou a Reabertura da Biblioteca Padre Cláudio Perani, contando com a alegria das crianças das comunidades do Alto das Pombas e do Calabar.

“Bibliotecas Vivas: O tecer das Yabás, Lélias, Carolinas e Conceições na leitura Afro-Brasileira” foi o tema que consagrou a tarde desta quinta-feira. Com parceria do Grupo de Mulheres do Alto das Pombas, a atividade se inseriu na agenda do Julho das Pretas em Salvador.

A partir desse tema, foram realizadas duas rodas de conversa: a primeira, “O reinventar das bibliotecas comunitárias nos territórios urbanos de Resistência”, que contou com a participação de representantes do GRUMAP (Grupo de Mulheres do Alto das Pombas), da Biblioteca Comunitária Zeferina e da Biblioteca Comunitária do Calabar; a segunda conversa, intitulada “O tecer de Carolina de Jesus na realidade atual”, trouxe a atriz Vera Lopez, estudiosa da história e da literatura da escritora negra.

Após as rodas de conversa, aconteceu a visitação na Biblioteca Pe. Cláudio Perani, que conta com acervo de mais de 25 mil títulos, especializado em Ciências Humanas, além de periódicos do Brasil, América Latina e Europa.

A Biblioteca funcionará das 9h às 12 e das 13h às 15h, de segunda a sexta-feira. Qualquer pessoa poderá utilizar o espaço para leitura e também fazer empréstimos de livros.

 

Please follow and like us:

Os comentários estão encerrados.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook
Twitter
YouTube
Instagram
WhatsApp