Cadernos do CEAS traz artigo sobre a reforma trabalhista e o projeto do Banco Mundial

Disponível a edição 242 dos Cadernos do CEAS
03/04/2018
Famílias na Ladeira da Preguiça ameaçadas de expulsão imediata
10/04/2018
No trabalho, a autora aborda como o sistema capitalista global tem ampliado os aparatos de dominação a partir das leis econômicas, promovendo a mercantilização sem precedentes da força de trabalho. A integração econômica global tem sido determinada pelo capital financeiro mediante governança do Banco Mundial, que tem induzido reformas em diversos países. Através do projeto Doing Business, a instituição vem incidindo principalmente sobre o mercado e o contrato de trabalho.
Na realidade brasileira, o exemplo mais contundente deste processo é a Reforma Trabalhista, que entrou em vigor em novembro de 2017 e retira uma série de direitos conquistados pelas trabalhadoras e trabalhadores ao longo dos últimos anos, traduzidas na Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT).

Confira o artigo e os demais textos da revista. Acesse aqui

Please follow and like us:

Os comentários estão encerrados.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook
Twitter
YouTube
Instagram
WhatsApp