Reformas trabalhistas e neoliberalismo é tema de artigo na edição 242 dos Cadernos do CEAS

A edição 242 dos Cadernos do CEAS traz o artigo “Neoliberalismo e flexibilização da legislação trabalhista no Brasil e na França”, do professor da UFBA, Maurício Azevedo de Araújo e das professoras também da UFBA, Renata Queiroz Dutra e Selma Cristina Silva de Jesus.

O trabalho busca demonstrar como as reformas trabalhsitas no Brasil e na França representam as políticas de desmonte dos direitos e de todo sistema de proteção social, que fazem parte da racionalidade neoliberal novamente em ascensão em escala mundial. O artigo é composto por três partes: a primeira trata de uma reflexão sobre o neoliberalismo e a precarização do trabalho nos dois países; já no segundo, são analisadas as mudanças promovidas na legislação trabalhista brasileira, principalmente em relação a aprovação da terceirização de atividades-fim das empresas, incluindo as públicas, e a reforma trabalhista; por último, as reformas trabalhistas implantadas na França em 2016 e 17, enfatizando o debate do negociado sobre o legislado, a flexibilidade das dispensas e os limites da jornada de trabalho.

Confira aqui o artigo na íntegra, disponível na revista em versão digital.

Please follow and like us:
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook
Twitter
YouTube
Instagram
WhatsApp