Biblioteca Padre Cláudio Perani

A Biblioteca do CEAS, atualmente nomeada Biblioteca Padre Cláudio Perani, foi implantada simultaneamente ao próprio Centro, tendo servido inicialmente de subsídio ao trabalho de assessoria e reflexão realizado pelos(as) diversos(as) membros da instituição, seja na elaboração dos Cadernos do CEAS, seja na atuação concreta junto aos variados públicos (urbanos e rurais) acompanhados. Com a consolidação do seu acervo na área social e o crescimento numérico do mesmo, hoje com mais de 25 ,mil volumes de livros e 300 periódicos correntes (além de dezenas de mapas, vídeos e slides), a biblioteca experimentou um aumento considerável na demanda de frequentadores, sobretudo nos últimos anos, quando passou a se tornar mais conhecida pelo público universitário e dos bairros populares.

A localização do CEAS nas imediações de três universidades (uma pública e duas particulares) e diversos centros de pesquisa (sobre gênero, populações indígenas, saúde coletiva e sindicalismo) favorece que várias gerações de estudantes e professores(as) tenham tido (e continuem a ter) uma formação mais humanista e social, tornando-se profissionais mais críticos e comprometidos com a justiça social.

Além disso, temos a vantagem ainda de nos localizarmos em meio a, pelo menos, quatro grandes comunidades populares, todas elas carentes de bibliotecas públicas, como, aliás, é regra nas demais cidades do Norte e Nordeste do Brasil. Isso faz da Biblioteca do CEAS um pólo aglutinador de centenas de jovens e trabalhadores(as) sequiosos por uma formação mais crítica diante da dura realidade que os oprime.

 

 

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
Facebook
Twitter
YouTube
Instagram
WhatsApp